vivendo-paradeus
Nos olhos dela um oceano prestes a se derramar, tão cansada e aflita suspira a doce menina.
Doce menina, que por ser tão doce, acaba sendo vítima da amargura, mas mesmo assim, não perdeu a sua doçura, pois, ao invés de se tornar áspera, aprendeu a lição, tornou-se forte e percebeu, que em meio a um mundo de fel, ela precisava espalhar o seu mel.
Gean Carlos (via jovemde-deus)